Fundação Guairá realiza a Primeira Exposição de Obras de Cerâmica de Andrelândia

Exposição encerra neste domingo (03 de abril)

A arte da cerâmica é uma das mais antigas já desenvolvidas pelo homem. Além da beleza, essa arte, muitas vezes, possui uma finalidade prática, servindo para guardar ou preparar alimentos, por exemplo.

E todos esses estilos de objetos podem ser contemplados na “Primeira Exposição de Obras de Cerâmica de Andrelândia”, que acontece no Casarão da Fundação Guairá, até este domingo (03 de abril). A entrada é franca.

A exposição que reúne obra de sete artistas, conta peças decorativas, bijuterias, utensílios para casa e até peças indígenas da tribo Tupi Guarani, das aldeias do Queima Barril e Turvo Grande. Sendo que estas relíquias arqueológicas estão sob a guarda do Núcleo de Pesquisa Arqueológicas do Alto Rio Grande (NPA) de Andrelândia.

A exposição é uma realização da Fundação Guairá e tem o apoio da Universidade Federal de São João del-Rei e da Prefeitura de Andrelândia.

 

SERVIÇO:

Local: Fundação Guairá – Av. Nossa Senhora do Porto da Eterna Salvação, 261, Centro

Horário:

Quinta e sexta-feira: 13h às 18h

Sábado: 9h às 13h

Domingo: 9h às 12h

Artistas:

NPA – associação civil sem fins lucrativos, legalmente constituída, voltada para a pesquisa, preservação e divulgação do patrimônio arqueológico, cultural e ambiental.

ADRIANA LOPES – artista plástica, formada na UFJF e está envolvida com a cerâmica há mais de 20 anos. Foi professora da disciplina na UFJF e na UFRN.

BRUNO AMARANTE – ceramista/artista plástico. Professor adjunto do curso de Artes Aplicadas com Ênfase em Cerâmica da UFSJ.

JORGE ALMEIDA – ceramista formado pela UFSJ. Concluindo uma pós-graduação em Arteterapia pela Clínica Pomar (RJ). Coordenador por 8 anos o ateliê de cerâmica da Associação dos Parentes e Amigos dos Dependentes Químicos (Apadec) em São João del Rei.

KÁTIA BASTANI – formação em Design de Ambientes (UEMG/2006) e pós-graduada em áreas relacionadas a sustentabilidade (Especialização CEI-/2009 e Mestrado UFMG 2012).

MARIA TERESA CASTELO BRANCO – Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos, Mestre em Extensão Rural pela UFV, Psicóloga pela UFR, com curso de especialização em Arteterapia e cursos de iniciação e avançado em Cerâmica e Pintura pelo Museu Alfredo Andersen em Curitiba.

PAULO VALÉRIO – Graduado em Artes Visuais (UNIP). Professor de desenho artístico e cerâmica. Em 2019 realizei o projeto mural na Secretaria do Meio Ambiente em Barra Mansa. Integrante do Grupo Casa Amarela.

TERESA HEUSI – ceramista desde 1987. Presidente Associação de Ceramistas do Rio de Janeiro (1994/1996). Professora de cerâmica. Conquistou o 3º lugar na categoria escultura, em 1998, na I Bienal de Cerâmica do Rio de Janeiro.

 

 

1 thought on “Fundação Guairá realiza a Primeira Exposição de Obras de Cerâmica de Andrelândia”

  1. Parabéns! A exposição está muito bonita. Uma diversidade de obras e possibilidades de trabalho incríveis.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content